Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Adorable Mi

Motherhood, Recipes and Lifestyle

Adorable Mi

Motherhood, Recipes and Lifestyle

31.12.16

Amamentação

Tenho de admitir, não estava nada à espera que fosse assim! Não estava minimamente preparada para o que aí veio, nem física e muito menos psicologicamente.
Não me interpretem mal, ADORO dar de mamar, só não estava preparada para isto.




Ok Ok, estou a queixar-me muito sem necessidade, conheço pessoas que sofreram bem mais do que eu.
Até que fui uma sortuda, o Santi nasceu à 00h49, às 2h00 quando saí do bloco e fui para o recobro, puseram-me-o logo à mama, e a partir daí, foi tudo super natural. Ás 6h00 da manhã, quando o trouxeram para o quarto, já tinha colostro, e só isso foi uma bênção, veio logo, sem dores, sem nenhuma complicação. Ao fim de algumas horas, não me lembro bem (ainda tinha muita medicação em cima, e sem nenhuma hora de sono), mas lá para a noite já tinha leite, é verdade a minha subida de leite foi super rápida. É costume subir até ao 2º, 3º dia, o meu veio logo horas depois, para alimentar este meu lindo gordinho.

Até aqui tudo bem! Pensava eu. O pior estava para chegar, pensei eu quando chegou! 
Tinha imenso leite! Parecia uma vaca leiteira! As minhas mamas eram duas pedras grandes, bem redondas e bem duras! Se não fossem as minhas queridas amigas enfermeiras a darem-me uma esfrega, acho que tinha rebentado com tanto leite (principalmente porque nos primeiros dias, ele bebia muito pouco)!

Muito aperto, massagens, quente, frio, bomba! Só via mãos, mãos nas minhas mamas, não via mais nada!
Mas isso aliviou-me imenso, e percebi claramente que iria ter de tirar leite, sempre a seguir a dar de mamar (claro que não fiz sempre isso, principalmente à noite, e depois foi pior para mim).
E foi o que aconteceu, assim que vim para casa, a minha vida rapidamente se tornou em amamentar e tirar leite, amamentar e tirar leite, sempre isto. 
É uma actividade muito desgastante, no intervalo de 3 horas que tenho, 2h são passadas a dar de mamar e a tirar leite. Fica apenas uma hora para descansar e ter de repetir tudo outra vez!


É verdade que é um momento único, e de intimidade com o meu filho, é lindo e maravilhoso, e adoro dar de mamar, mas não deixa de ser cansativo. Temos de ser sinceros com a vida!

Até aqui parecia tudo muito bem, eu não sabia era que o pior estava para acontecer.
Toda a gente me dizia que amamentar era difícil, e que a dor era muita (atenção, só comecei a ouvir isto depois de já estar a amamentar, nunca me tinham dito que esta era a pior parte de ser mãe), e eu lá acreditava que as dores horríveis que tinha a dar de mamar eram normais. Eu até chorava com tantas dores que tinha a dar de mamar, cada vez que ele puxava o leite era uma dor horrível como se me tivessem a sair vidros pelas mamas! Mas para mim isto era tudo normal, ou eu assim queria acreditar. No meio disto tudo, não era nada normal, o que eu tinha era uma mastite, sim, uma mastite nas duas mamas ao mesmo tempo.
E que bela de inflamação que eu tive, duas caixas de antibióticos depois e mesmo assim, ainda me doi!
Nesta altura dar de mamar estava fora de questão, mas lá consegui ir tirando leite com a bomba!

O importante é que as mulheres percebam que amamentar é muito bom para nós e principalmente para o bebé, mas é preciso cuidar-mos de nós e estarmos informadas sobre tudo!
Vou continuar a fazer de tudo para que o Santi possa amamentar o maior tempo possível!




24.12.16

1 month

O tempo passa a correr!
Sinto que a partir de agora, vai ser a frase que mais vou usar na vida.

Já passou um mês! Nem acredito! Ainda no "outro dia" o Santi nasceu, e agora já têm um mês!
Ele já está tão diferente em apenas tão pouco tempo.

Já tem as suas próprias rotinas, as suas horas de comer e de dormir programadas no seu pequeno corpo. Já estamos com "livre demanda" como se costuma dizer, comer quando quiser e não acordar para mamar. E ele, parece mais certo que um relógio, de 4 em 4 horas lá acorda para mamar, mudar a fralda e voltar a dormir.
E dorme 6 horas seguidas de noite (uau, para nós é tipo a noite toda, lol).

Já está com 4,175 kg (não engordou muito, porque como tive duas mastites, houve uns dias que ele não andou a alimentar-se bem, e acabou por perder algum peso 😢,  mas o que importa é que agora já está a ganhar peso novamente). Está enorme, com 54,5 cm, escusado será dizer que não usou muito tempo as primeiras roupas.

Para quem me costuma seguir no instagram já viu o meu "month update", onde mostra estas informações de peso e comprimento, e ainda onde mostra coisas que o Santi mais adorou durante este primeiro mês e o que odiou de todo. Eu acho que ele gosta de tudo, de comer, de dormir, de estar ao colo, de tomar banho, etc, mas tivemos de destacar uma coisa que achamos mesmo especial durante este primeiro mês, e tivemos de dizer que é o facto de ele adorar adormecer com a fraldinha de pano sobre os olhos, sente-se super aconchegado, e está sempre escuro e ele consegue adormecer em qualquer lugar. Para a parte de odiar já foi mais fácil, porque ele não odeia nada, excepto o facto de o acordar-mos. Sim, ele odeia, acorda super rabugento e fica mesmo com um ar carrancudo. Nos primeiros tempos tivemos de o acordar, pois tinha de lhe dar de mamar, o que passou rapidamente para segundo plano, porque toda a gente diz que não se deve acordar os bebés e tal, e nós até íamos fazer isso, mas depois com a minha mastite e a perda de peso dele, lá tivemos de continuar a acorda-lo até ele recuperar o peso perdido, e assim que fez um mês, aí sim, já pode dormir e acordar quando quer!


Só queria que houvesse um botão de pausa.... para puder congelar estes momentos para sempre! 💗
17.12.16

o meu maior tesouro ☆

Olá a todos!
Este tempo fora das redes sociais, foi muito bom. Deu para aproveitar bem estes momentos preciosos, e acima de tudo, deu para descansar um pouco.
Agora vamos ao que interessa. O Santiago! 💙


O Santi é um bebé super calmo, dorme bem, come bem, e graças a Deus está a crescer bem. Gosta muito de tomar banho, e da massagem que vem a seguir. Come de 3 em 3 horas, apenas leite materno. É super bem disposto, vai ao colo de toda a gente sem reclamar, e está sempre de olhos abertos atento a tudo o que se passa à sua volta.

Estes últimos dias têm sido realmente fantásticos! 
A ajuda do Tiago tem sido fundamental, ele ficou connosco em casa este ultimo mês, e sem ele acho que não tinha aguentado nem metade. Embora esteja a ficar com o sono mais leve, ainda me custa horrores acordar a meio da noite para dar de mamar. Mas é isto que é ser mãe, abdicar das nossas necessidades e priorizar as necessidades do bebé!  

Ele tem ficado com ele de noite e dá-lhe de vez em quanto o biberon (tiro leite antes de ir dormir) para que eu possa descansar, umas vezes faz isso à noite, outras vezes de dia. Dar de mamar é exaustivo, sinto que não faço outra coisa da vida. E como se não basta-se só amamentar, ainda tenho de tirar leite a seguir com a bomba, porque pareço uma vaca leiteira!

Tenho de admitir que ele dá mais banhos que eu, porque me custa imenso estar debruçada sobre a banheira (fiquei com umas dores horríveis na zona da epidural), e não aguento estar muito tempo na mesma posição.

Estes primeiros momentos são incríveis, todos os dias parecem diferentes, únicos, sem igual! Enfim, isto tudo para dizer que estou a ADORAR a experiência de ser mãe. Ah e ter o melhor bebé do Mundo!

O Santiago é simplesmente incrível. ✨


 P.S. O Ben está a adorar tomar conta do mano.


Follow us on Instagram

About me

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Vamos marcar uma sessão fotográfica?